Pierre Verger, ilustre fotógrafo de la capoeira antigua de Salvador — sandra Defelipe

Dejando de lado la historia ‘romántica’ de la capoeira y entendiendo que era una practica peligrosa, casi de pandillas, con dominio de barrios, fronteras invisibles y con una belicosidad enorme, se puede, de cierta manera, entender el por qué era tan perseguida y rechazada. Nadie quería meterse con un negro capoeirista, ¡qué peligro!, y fue […]

via Pierre Verger, ilustre fotógrafo de la capoeira antigua de Salvador — sandra Defelipe

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s