Conhece alguns detalhes básicos sobre o berimbau?

Cada instrumento tem  um tom próprio e original

O berimbau é um instrumento capaz de emitir várias sonoridades, constituído por uma vara em arco, de madeira ou verga, com um comprimento aproximado de 1,50 a 1,70 metros e um fio de aço preso nas extremidades.
Na base, é amarrada uma cabaça com o fundo cortado, que funciona como caixa de ressonância.
O berimbau é um elemento fundamental na capoeira, reverenciado pelos capoeiristas antes de iniciarem um jogo:alguns consideram-no mesmo um instrumento sagrado.
Comanda a roda e dita o ritmo e o estilo de jogo.
As variações dos toques têm nomes específicos.
Os mais comuns são Angola, o São Bento Grande, a Benguela e a Iuna.

Existem ainda berimbaus com tonalidades sonoras diferentes: o gunga, com a cabaça grande e o som grave, cuja função é marcar o toque de base de todos os instrumentos e coordenar o ritmo do jogo; o médio,de cabaça de tamanho inferior, que produz um som médio a grave; e o viola, de cabaça pequena, que emite um som agudo e permite fazer solos e improvisação.

Os acessórios que acompanham o berimbau são: caxixi, dobrão de pedra ou de bronze, baqueta ou vaqueta, aço e por fim o rami.

Todo conjunto faz parte para que o berimbau fique prontinho para ser utilizado pelo mestre, professor, aluno ou qualquer pessoa que deseje ser tocador de berimbau.

berimbaus_caracterisiticas_tradicionais_bichodacapoeira

Berimbaus para aula de capoeira

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *