O Mestre de capoeira ensina ” João Grande”

Mestre João Grande

João Oliveira dos Santos conhecido mundialmente como Mestre João Grande.
Há mais de seis décadas que tem ensinado essa arte marcial a capoeira angola, que aprendeu com Mestre Pastinha.

Mestre João Grande mora em Nova Iorque onde tem ensinado há mais de vinte e cinco anos na sua academia Capoeira Angola é uma grande referência nessa arte e continua viajando pelo mundo representando muito bem nossa arte brasileira.

João Grande em 2015 teve reconhecimento da Ordem do Mérito Cultural dada a personalidades brasileiras e estrangeiras como forma de reconhecer suas contribuições à cultura do Brasil.

 

 

Anúncios

O Mestre de capoeira ensina ” João Pequeno”

 Mestre João Pequeno

João Pereira dos Santos Conhecido mundialmente como “Mestre João Pequeno“.
João Pequeno destaca-se como educador na capoeira, criou uma grande autoridade nessa arte marcial brasileira chamada “Capoeira“.

Nas palavras do Mestre João Pequeno o capoeirista deve ser uma pessoa educada “uma boa arvore para dar bons frutos”. Para quem a capoeira é muito boa não só para o corpo que se mantém flexível e jovem, mas também para desenvolver a mente e até mesmo servir como terapia, além de ser usada de várias formas, trabalhada como a terra, pode-se até tirar o alimento dela.

Nas palavras do Mestre Pastinha ele reconhece todo potencial do seu discípulo que seria um grande capoeirista.
Em 1970, Mestre Pastinha assim se manifestou sobre ele e seu companheiro João Grande, eles serão os grandes capoeiras do futuro e para isso trabalhei e lutei com eles e por eles.
Serão mestres mesmo, não professores de improviso, como existem por aí e que só servem para destruir nossa tradição que é tão bela.
A esses rapazes ensinei tudo o que sei, até mesmo o pulo do gato”.

Documentário sobre um dos mais importantes mestres de capoeira da história.

 

Dr. Mestre João Pequeno

O documentário aqui presente tenta mostrar como a história se reinventa a cada “volta ao mundo”, e que hoje o reconhecido Doutor Honoris Causa pela UFU-MG, Comendador da República, Mestre pela Capoeira Angola João Pequeno.

 

 

Feliz Páscoa desportistas e capoeiristas

Feliz Páscoa para todos desportistas.

Esta é uma época em que todos devemos lembrar de coisas tão importantes como a amizade, a bondade e a fraternidade.

Bens como a família ou os amigos merecem ser comemorados em todos os momentos em todos os dias.

 

Feliz-Páscoa-capoeiristas-desportistas
Feliz Páscoa, amigos!

Bicho da capoeira deseja uma páscoa maravilhosa para todos vocês…..

bicho-da-capoeira
Bicho da capoeira

O Menino e o Tambor Sagrado

Valorize a cultura Brasileira

O menino-e-o-Tambor-Sagrado
O Menino e o Tambor Sagrado

Uma aventura na floresta africana, local cheio de emoção, perigo, beleza, espiritualidade e magia.

É um belíssimo conto que preserva a herança da história africana e contribui para tornar visível socialmente a importância do povo Afro na formação étnica, social, politica e cultural brasileira.

Clique no link para Baixar essa  Obra e desfrute com uma bela leitura com essa grande Aventura.

 Ebook.
O Menino e o Tambor Sagrado.

Uma obra do Marcos Henrique, Brasileiro, de Campinas interior de São Paulo.
Escritor, poeta, cantor, educador social e capoerista. Dedicou seu precioso tempo com muito esforço para escrever esse livro valorize esse belo trabalho,  partilhando com todos os leitores, amigos, professores de capoeira,  alunos  que valorizam a cultura brasileira.

Forte abraço e boa leitura!

 

Conheça mais esse grande Autor, “Marcos Henrique”.

Clique no linkhttps://www.facebook.com/tamboresdeouro

 

 

Modelo de proposta de atividade extracurricular para aulas de capoeira

Uma proposta que você professor pode adapatar e aplicar no seu projeto com aulas de capoeira.

A capoeira tem potencial para se assumir como disciplina no universo escolar, devido à sua abrangência e significado no âmbito da pedagogia. Um trabalho com base em conhecimentos, estruturação, planeamento e constante avaliação é, certamente, uma ferramenta para o educador. O desenvolvimento da criança, jovens e adultos é de extrema importância na formação das capacidades motoras, sociais, cognitivas e afetivas. Constitui um alicerce da educação e determina a maioria das suas habilidades psicomotoras e comportamentais.
O planeamento destina-se a estruturar o trabalho do professor e organizar conteúdos, resultados, atividades, avaliação e cronograma, de acordo com os seguintes itens:

1. Objetivos gerais

2. Objetivos específicos

3. Conteúdos a desenvolver

4. Metodologia para desenvolvimento das aulas

5. Estratégias

6. Avaliação

7. Cronograma

1. Objetivos gerais Espera-se que os alunos sejam capazes de: – Participar em diferentes atividades corporais e culturais, procurando adotar uma atitude cooperativa e solidária, sem discriminar os colegas pelo desempenho ou por razões sociais, físicas ou culturais.

– Conhecer as suas capacidades físicas, de forma a estabelecerem metas pessoais.

– Conhecer, valorizar, apreciar e desfrutar de algumas manifestações da cultura corporal.

– Organizar de forma independente alguns jogos, brincadeiras ou outras atividades corporais simples.

– Ter consciência do corpo e das suas capacidades motoras, sociais e afetivas.

– Organizar-se dentro do universo da capoeira, estabelecendo noções de jogo, cooperação, movimentos, roda, espaço/tempo e musicalidade.

2. Objetivos específicos – Participação em jogos e lutas, respeitando regras e não discriminado os colegas.

– Explicação e demonstração de brincadeiras.

– Participação e apreciação de brincadeiras ensinadas pelos colegas (metodologia aberta e interativa).

– Resolução de situações de conflito por meio de diálogo, com a ajuda do professor.

– Discussão das regras dos jogos.

– Utilização de habilidades dentro da roda de capoeira.

– Resolução de problemas corporais individualmente.

– Avaliação do desempenho e estabelecimento de metas com o auxílio do professor.

– Aprendizagem de movimentos de forma a construir um repertório motor, a colocar em prática no contexto do jogo.

3. Conteúdos a desenvolver – Coordenação motora – Equilíbrio (dinâmico e estático) – Ritmo (dissociação e domínio do espaço/tempo) – Expressão corporal e afetividade

4. Metodologia para desenvolvimento das aulas – Impedir a rivalidade com base no sexo, raça ou condições sociais.

– Propor brincadeiras e jogos procurando a aproximação entre as crianças ou jovens.

– Elogiar cada conquista de movimento ou cooperação.

– Unir o grupo criando um bom clima de trabalho.

– Considerar as ideias e propostas dos alunos face às atividades.

– Adequar a linguagem e o comportamento à idade dos alunos.

– Assumir o comando do grupo, enquanto professor, para obter o respeito dos alunos e estabelecer uma mais sólida interação com os mesmos.

5. Estratégias e atividades – Jogos e brincadeiras adaptados para a capoeira.
– Rodas cantadas e cantigas sobre a capoeira e as suas origens. – Danças e tradições culturais (maculelê, jongo e puxada de rede). – Imitações, mímicas, construção de instrumentos e aulas teóricas. – Jogos com regras, cooperativos e de sensibilização, levando em consideração as adaptações ao universo da capoeira.

6. Avaliação – Analisar se o aluno demonstra segurança para experimentar, tentar e arriscar.

– Se o aluno participa nas atividades, respeitando as regras e a organização e demonstrando empenho em utilizar os movimentos adequados à atividade proposta.

– Se o aluno reconhece e respeita as diferenças individuais e participa em atividades com os colegas, auxiliando os que têm mais dificuldade e aceitando a ajuda dos que demonstram mais competência.

7. Cronograma Setembro e Outubro – Coordenação motora. Explorar atividades que incentivem a lateralidade esquerda-direita e frente-fundo, bem como a construção de movimentos. Desenvolvimento de diferentes habilidades motoras e sua coordenação. Utilização da ginga e suas variações e dos movimentos de ataque e defesa.

Novembro e Dezembro – Equilíbrio. Percepção das sensações, limites e potencialidades do corpo. Participação dos alunos em brincadeiras e jogos para ampliar gradualmente o controlo sobre o corpo e o movimento. Utilização da capoeira com as paradas de mãos e movimentos lúdicos que exploram os aús e suas variações.

Janeiro e Fevereiro – Expressividade. Formular desejos, sentimentos e emoções. Utilização da capoeira para expressar a personalidade de cada aluno.

Março e Abril – Ritmo. Promover a alternância de força, velocidade e duração, que poderá ser motora, visual e auditiva. Recurso às músicas da capoeira, domínio dos instrumentos e construção das cantigas durante a roda.

Maio e Junho – Apresentações de coreografias, danças e atividades relacionadas com a capoeira, para que os alunos demonstrem os conhecimentos adquiridos, estabelecendo, assim, uma ligação entre coordenação motora, equilíbrio, ritmo, expressividade, afetividade e desenvolvimento dentro do jogo.

PDF MODELO DE PROPOSTA

Proposta-extracurricular-para-aulas-de-capoeira
Proposta capoeira

“Se achar que essa proposta pode encaixar no seu projeto, aplique da melhor forma possível!

Clique no  link para  baixar o PDF“.

Modelo de  Proposta extracurricular para aulas de capoeira.

CHATBOT-PARA-NEGÓCIO-COM-A-CAPOEIRA
CHATBOT PARA NEGÓCIO COM A CAPOEIRA

 

Boas festas gente que ginga pelo mundo afora! Feliz Natal

Feliz Natal!

Desejamos um feliz natal muitas felicidades a todos nossos amigos e seguidores, muita paz, muitas alegrias e felicidades.

Que tudo de bom aconteça em suas vidas e que possamos estar juntos sempre um forte abraço de toda equipe do Bicho da Capoeira.

Vamos que vamos gente que ginga pelo mundo afora!

Boas festassssssssss…..