Método de ensino sequência do Mestre Bimba

O Mestre Bimba criou o primeiro método de ensino da capoeira

Uma sequência lógica de movimentos de ataque, defesa e contra-ataque o que desenvolve  o condicionamento físico e a habilidade motora específica.

Para o aluno  iniciante obter uma aprendizagem rápida dentro de um menor espaço de tempo possível, e que convença do valor da luta, como um sistema de ataque e defesa com os fundamentos da capoeira regional.

Muitos Mestres falam do valor da sequência de Bimba na capoeira e o valor da sua metodologia histórica.

Anúncios

São muitos bons motivos para tocar um instrumento de capoeira

Saiba porque  tocar um instrumento de capoeira vai trazer muitos benefícios

A Pratica desportiva conduz sempre para uma melhor qualidade de vida.

A capoeira é uma arte marcial com características únicas, que recorre a instrumentos musicais.

São muitos benefícios que vai te ajudar no seu dia a dia ao tocar um instrumento de capoeira

A aprendizagem de um instrumento musical melhora a memória, a atenção e o pensamento lógico. Além disso:

  • Incentiva a autoexpressão;
  • Aumenta a capacidade de escutar;
  • Estimula a coordenação e a concentração;
  • Melhora a gestão do tempo, as habilidades organizacionais e a disciplina;
  • Desenvolve o trabalho em equipa e as relações sociais;
  • Ensina a perseverança e ajuda a construir um sentimento de conquista;
  • Promove a transmissão da cultura.

A música oferece uma oportunidade para relaxar e esquecer o estresse do dia-a-dia.

Por isso, além de incluírem os normais treinos, que consistem em atividades destinadas a desenvolver o domínio do corpo, as aulas contemplam o aperfeiçoamento musical.

Esta arte marcial faz uso na roda de capoeira diversos instrumentos importantes são os berimbaus, gunga, médio e viola, atabaque, pandeiros, agogô e acessórios.

 

Mais de 10 Benefícios que a capoeira proporciona ao praticante

São muitos benefícios para praticar a capoeira

A improvisação, a inteligência do corpo, a necessidade de agir, o equilíbrio, as noções de espaço e tempo, o ritmo e a música são princípios fundamentais da capoeira. Para o corpo, trata-se de uma combinação perfeita. Os movimentos da capoeira exercitam todos os músculos e desenvolvem a capacidade física. Pouco depois de começar a frequentar a roda, as mudanças são evidentes: menos tensão muscular, reflexos mais rápidos e mais força.

Com um pouco de persistência, a capacidade respiratória também melhora. Uma prática de, pelo menos, 3 vezes por semana desenvolve o sistema cardiorrespiratório e reforça os músculos abdominais, muito solicitados durante o exercício.

Eis mais alguns aspetos que saem beneficiados:

  • Resistência. É preciso manter o ritmo durante toda a aula;
  •  Agilidade. O praticante tem de responder a movimentos que mudam constantemente de direcção;
  •  Flexibilidade. Na capoeira, dominam os movimentos de grande amplitude;
  • Velocidade. Para surpreender o adversário sempre que possível;
  •  Equilíbrio. Há que manter o domínio do corpo em posições mais complicadas;
  • Coordenação. É necessário responder aos golpes do adversário com os braços, o tronco e as pernas;
  • Ritmo. Os movimentos do corpo acompanham a música.

Mas não é só o corpo a usufruir de vantagens. O lado emocional também é reforçado pela capoeira, sobretudo porque este desporto, ainda que não estimule a violência, ajuda a libertar agressividade e promove o autocontrolo. Além disso, é uma excelente forma de desenvolver a criatividade.

No campo emocional, destacam-se os seguintes benefícios:

  •  Atenção. É preciso estar permanentemente focado em todos os movimentos na roda;
  • Persistência. Os golpes só ficam perfeitos com muito treino;
  •  Coragem física. Aos poucos, desaparece o medo de executar movimentos mais arrojados;
  •  Astúcia. Cada praticante é estimulado no sentido de criar situações inesperadas para o adversário.

No caso das crianças, a capoeira estimula o valor da defesa, a formação moral, a capacidade cognitiva, a curiosidade, o desenvolvimento físico e o controlo emocional.

Capoeira Iluminada

Mestre Bimba, a Capoeira Iluminada

Documentário que conta a história de Manoel dos Reis Machado, o Mestre Bimba,  fundador e criador da Capoeira Regional.

Os depoimentos de ex-alunos e historiadores, descrevem  sobre o passado da nossa cultura negra e a capoeira no Brasil. 

Para quem é capoerista e aprecia histórias poderá  aprender muito com esse documentário.

Mestres e capoeiras famosos da Bahia  
EBook Kindle

Feliz Páscoa desportistas e capoeiristas

Feliz Páscoa para todos desportistas.

Esta é uma época em que todos devemos lembrar de coisas tão importantes como a amizade, a bondade e a fraternidade.

Bens como a família ou os amigos merecem ser comemorados em todos os momentos em todos os dias.

 

Feliz-Páscoa-capoeiristas-desportistas
Feliz Páscoa, amigos!

Bicho da capoeira deseja uma páscoa maravilhosa para todos vocês…..

bicho-da-capoeira
Bicho da capoeira

Modelo de proposta de atividade extracurricular para aulas de capoeira

Uma proposta que você professor pode adapatar e aplicar no seu projeto com aulas de capoeira.

A capoeira tem potencial para se assumir como disciplina no universo escolar, devido à sua abrangência e significado no âmbito da pedagogia. Um trabalho com base em conhecimentos, estruturação, planeamento e constante avaliação é, certamente, uma ferramenta para o educador. O desenvolvimento da criança, jovens e adultos é de extrema importância na formação das capacidades motoras, sociais, cognitivas e afetivas. Constitui um alicerce da educação e determina a maioria das suas habilidades psicomotoras e comportamentais.
O planeamento destina-se a estruturar o trabalho do professor e organizar conteúdos, resultados, atividades, avaliação e cronograma, de acordo com os seguintes itens:

1. Objetivos gerais

2. Objetivos específicos

3. Conteúdos a desenvolver

4. Metodologia para desenvolvimento das aulas

5. Estratégias

6. Avaliação

7. Cronograma

1. Objetivos gerais Espera-se que os alunos sejam capazes de: – Participar em diferentes atividades corporais e culturais, procurando adotar uma atitude cooperativa e solidária, sem discriminar os colegas pelo desempenho ou por razões sociais, físicas ou culturais.

– Conhecer as suas capacidades físicas, de forma a estabelecerem metas pessoais.

– Conhecer, valorizar, apreciar e desfrutar de algumas manifestações da cultura corporal.

– Organizar de forma independente alguns jogos, brincadeiras ou outras atividades corporais simples.

– Ter consciência do corpo e das suas capacidades motoras, sociais e afetivas.

– Organizar-se dentro do universo da capoeira, estabelecendo noções de jogo, cooperação, movimentos, roda, espaço/tempo e musicalidade.

2. Objetivos específicos – Participação em jogos e lutas, respeitando regras e não discriminado os colegas.

– Explicação e demonstração de brincadeiras.

– Participação e apreciação de brincadeiras ensinadas pelos colegas (metodologia aberta e interativa).

– Resolução de situações de conflito por meio de diálogo, com a ajuda do professor.

– Discussão das regras dos jogos.

– Utilização de habilidades dentro da roda de capoeira.

– Resolução de problemas corporais individualmente.

– Avaliação do desempenho e estabelecimento de metas com o auxílio do professor.

– Aprendizagem de movimentos de forma a construir um repertório motor, a colocar em prática no contexto do jogo.

3. Conteúdos a desenvolver – Coordenação motora – Equilíbrio (dinâmico e estático) – Ritmo (dissociação e domínio do espaço/tempo) – Expressão corporal e afetividade

4. Metodologia para desenvolvimento das aulas – Impedir a rivalidade com base no sexo, raça ou condições sociais.

– Propor brincadeiras e jogos procurando a aproximação entre as crianças ou jovens.

– Elogiar cada conquista de movimento ou cooperação.

– Unir o grupo criando um bom clima de trabalho.

– Considerar as ideias e propostas dos alunos face às atividades.

– Adequar a linguagem e o comportamento à idade dos alunos.

– Assumir o comando do grupo, enquanto professor, para obter o respeito dos alunos e estabelecer uma mais sólida interação com os mesmos.

5. Estratégias e atividades – Jogos e brincadeiras adaptados para a capoeira.
– Rodas cantadas e cantigas sobre a capoeira e as suas origens. – Danças e tradições culturais (maculelê, jongo e puxada de rede). – Imitações, mímicas, construção de instrumentos e aulas teóricas. – Jogos com regras, cooperativos e de sensibilização, levando em consideração as adaptações ao universo da capoeira.

6. Avaliação – Analisar se o aluno demonstra segurança para experimentar, tentar e arriscar.

– Se o aluno participa nas atividades, respeitando as regras e a organização e demonstrando empenho em utilizar os movimentos adequados à atividade proposta.

– Se o aluno reconhece e respeita as diferenças individuais e participa em atividades com os colegas, auxiliando os que têm mais dificuldade e aceitando a ajuda dos que demonstram mais competência.

7. Cronograma Setembro e Outubro – Coordenação motora. Explorar atividades que incentivem a lateralidade esquerda-direita e frente-fundo, bem como a construção de movimentos. Desenvolvimento de diferentes habilidades motoras e sua coordenação. Utilização da ginga e suas variações e dos movimentos de ataque e defesa.

Novembro e Dezembro – Equilíbrio. Percepção das sensações, limites e potencialidades do corpo. Participação dos alunos em brincadeiras e jogos para ampliar gradualmente o controlo sobre o corpo e o movimento. Utilização da capoeira com as paradas de mãos e movimentos lúdicos que exploram os aús e suas variações.

Janeiro e Fevereiro – Expressividade. Formular desejos, sentimentos e emoções. Utilização da capoeira para expressar a personalidade de cada aluno.

Março e Abril – Ritmo. Promover a alternância de força, velocidade e duração, que poderá ser motora, visual e auditiva. Recurso às músicas da capoeira, domínio dos instrumentos e construção das cantigas durante a roda.

Maio e Junho – Apresentações de coreografias, danças e atividades relacionadas com a capoeira, para que os alunos demonstrem os conhecimentos adquiridos, estabelecendo, assim, uma ligação entre coordenação motora, equilíbrio, ritmo, expressividade, afetividade e desenvolvimento dentro do jogo.

PDF MODELO DE PROPOSTA

Proposta-extracurricular-para-aulas-de-capoeira
Proposta capoeira

“Se achar que essa proposta pode encaixar no seu projeto, aplique da melhor forma possível!

Clique no  link para  baixar o PDF“.

Modelo de  Proposta extracurricular para aulas de capoeira.

CHATBOT-PARA-NEGÓCIO-COM-A-CAPOEIRA
CHATBOT PARA NEGÓCIO COM A CAPOEIRA