Livros de capoeira para melhorar e ampliar os conhecimentos dos capoeiristas

Sabe qual é o instrumento para a concretização do conhecimento? é a leitura

Ler e compreender a pluralidade das informações nos contextos do mundo da capoeira, isso que nos motiva aprendizagem ao longo da vida esportiva como capoeirista.

É importante ler de tudo um pouco sobre os mais variados temas e conhecer as mais loucas histórias. Quem lê terá mais oportunidades e visão para realizar projetos de vida e com a capoeira também, principalmente aquelas pessoas que tem a capoeira como filosófia no dia a dia.

Nunca é tarde para começar a ler um bom livro deixamos aqui alguns livros para você começar bem em 2019.

Clique na imagem para saber mais informações!

Brincado com a capoeira tem como ideia envolver os pais, tios avós toda família que está sempre presente com a criança nas aulas de capoeira.
Ensina de forma lúdica e pedagógica com o objetivo de fazer com que as crianças aprenda capoeira de forma simples e divertida.

Icone da cultura popular baiana, o herói capoeirista Besouro ganha voz neste romance, contando os casos e histórias que o tornaram famoso.

A Capoeira vem conquistando espaço nos mais variados segmentos da sociedade. Academias, clubes, escolas, cinema, teatro, telenovelas e até igrejas têm encontrado na Capoeira características e elementos idôneos para atender às suas respectivas necessidades.

 

 

 

 

 

De prática marginal a patrimônio imaterial da cultura brasileira, a capoeira percorreu um longo caminho até os dias atuais.

Capoeira Angola – do iniciante ao mestre da sequência ao trabalho começado por Mestre Bola Sete com a publicação de Capoeira Angola na Bahia, também editado pela palhas.

Mestre Bimba, mestre lendário da capoeiragem, é retratado como um vitorioso na medida em que conseguiu driblar uma corrente social dominante, contrária a prática da capoeira.

A capoeira, expressão de luta do povo negro e uma arma para a saída das senzalas, no período da escravidão, e os capoeiristas, discriminados e perseguidos, são abordados com um olhar crítico, a partir de lembranças e estudos do autor sobre Mestre Bimba e sua academia.

A Coleção Capoeira Viva é composta por livros histórico-etnográficos adaptados de pesquisas acadêmicas, geralmente esquecidas nos arquivos universitários.

O título reúne textos publicados entre 2009 e 2013 na internet, nos quais são discutidos diversos temas relacionados ao universo da capoeira.

No processo de nacionalização da capoeira baiana, o convívio entre capoeiristas e membros de uma elite intelectual deu forma a uma produção intensa de sentidos sobre a capoeira, como um fluxo circular. Carybé, amigo de Jorge Amado, se dedicava às amizades com capoeiristas e praticava nas rodas junto com estes.

Por esse amor fazem da arte capoeira, uma maneira inteligente de praticar o lazer, o esporte, o respeito e cultivar a saúde, a felicidade, as amizades além de assegurar a nossa linda e rica tradição de cultura popular.

Boa leitura!

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s